medicina fetal Proposta do Grupo Locais de Atuação Pós-Graduação Cursos O que é Medicina Fetal Home Quem Somos Fale Conosco
Nome:
e-mail:

QOs conhecimentos sobre o feto evoluíram tanto nas últimas décadas, que isso impediu o pré-natalista
de acompanhá-las por completo, especialmente no que se refere aos ganhos obtidos a partir da
ultra-sonografia. Surgiu, então, essa nova área médica, que é a Medicina Fetal. Para que se tenha uma
idéia, apenas nos 10 primeiros anos de disponibilidade do ultra-som obstétrico, aprendemos mais
sobre o feto do que tudo que sabíamos sobre ele, em toda a História médica, até então.

QMais ainda, quando passaram e estar disponíveis diversos procedimentos invasivos, que permitiram
um grande avanço na nossa capacidade de investigar e até de tratar o feto. É como se tivessem
surgido, em poucos anos, a neurologia fetal, a cardiologia fetal, a nefrologia fetal, a gastroenterologia
fetal, dentre outras, além de todo o enorme ganho em conhecimento genético e da vitalidade,
desvendando aspectos até então desconhecidos. Criou-se, a partir daí, uma verdadeira "pediatria (e
cirurgia) intra-uterina", uma espécie de "clínica geral do feto", que hoje é denominada de Medicina
Fetal.

QEsse profissional precisa ter habilidades ultrassonográficas bem desenvolvidas, para o exame
obstétrico, mas seu conhecimento não pára por aí. Um fetólogo não é apenas um médico de
diagnóstico por imagem. Para ele, não basta diagnosticar uma malformação, mas também saber qual a
sua possível causa e, principalmente, seu prognóstico, as outras opções de investigação para o caso e
os eventuais tratamentos disponíveis, quando houver.

 
 
medicina fetal MDF Web Proposta do Grupo Locais de Atuação Pós-Graduação Cursos O que é Medicina Fetal Medicina Complementar Quem Somos Fale Conosco
Exames Realizados